Somos alunos da Universidade Lusófona de Cabo Verde em São Vicente e criamos este blog por ocasião das Oficinas Sapo.Pretendemos levar a luz do dia os nossos problemas como estudantes, a nossa esperiência como Universitários, e muito mais....
09 de Janeiro de 2010

Pretendemos mostrar a todos, principalmente para pessoas das outras ilhas e países como e a nossa passagem de ano...

 

S.Antão

Muita agitação. O Terreiro da Vila da Ribeira Grande encontra-se repleta de gente por todos os lados. Uns andando pelas lojas chinesas, outras pelos boutiques...(conforme a possibilidade de cada um). As pessoas vêm de todos os cantos da vila para a grande celebração de acção de graças, às 5horas da tarde na Igreja de Nossa Senhora do Rosário. Outros porém, estão mais preocupados com a festa de passagem de ano.

Depois da celebração, começam o bater nas portas pelas crianças (e não só) para cantarem o tal: "Senhor São Silvestre".Muitas pessoas já circulam pelas ruas, direcionado para o Terreiro onde terá o "espectáculo". Meia noite é esperando por todos e os foguetes vistos com muita alegria. Um novo ano, tudo muda e espera-se que para melhor. Muita harmonia e solideriadade. Depois da manifestação de feliz ano novo uns vão para a festa e aí por diante!!!

Arilizia e Anildo 

S.Vicente

Como sempre, o dia 31 de dezembro é um dia muito aterefado em s.vicente. O dia começa de manhazinha com as crianças a prepararem os seus chocalhos para o "recordai". Mulheres de rolo na cabeça andam pelas ruas de S.Vicente a procura dos últimos preparativos para o reveillon. As cozinhas transbordam cheiros de dar água na boca. Os mais jovens estão mais preocupados com as festas de reveilon. As crianças esperam ansiozamente para o nascer da lua para começaram a tocar o "recordai" onde recebem algumas moedas como forma de agrecimento pelas boas festas.

Antes da meia noite muitos fazem uma ceia de fim de ano com comidas e bebidas deliciosas, minutinhos antes da meia noite todos descem para a Avenida Marginal ver os tão esperados foguetes.  As badaladas da meia noite, ou seja, o novo ano a entrar é um espetáculo contagiante com batucada, foguetes e o tradicional "pite", tal como diz a musica "pite na baia, cine na igraja, foguete na rua". Muitos aproveitam para entrar no mar como uma forma de limpar a alma; outros dançam ao som da batucada; outros cumprimentam os seus familiares e amigos; outros ainda, de olhos bem, abertos pedem desejos para o novo ano.

Apressados muitos vão as suas casas preparem-se para as tais festas de reveillon. As festas costumam terminar de manhazimha quando todos se reunem na Praça para acompanhar a banda municipal. Em S.Vicente as festas só terminam dois dias depois...hahahah pa mim fim d'one ê sempre assim.

Tenisha

 

 

 

 

publicado por ATA às 18:07
Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos
2010
2009
Posts mais comentados
2 comentários
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
links
últ. comentários
Participa nos desafios SAPO e ganhe prémios! Mais ...
Acho que partilhar a vossa experiência como univer...
blogs SAPO