Somos alunos da Universidade Lusófona de Cabo Verde em São Vicente e criamos este blog por ocasião das Oficinas Sapo.Pretendemos levar a luz do dia os nossos problemas como estudantes, a nossa esperiência como Universitários, e muito mais....
24 de Fevereiro de 2010

O Carnaval

Conceito e História

O Carnaval é uma época de festas regidas pelo ano lunar no Cristianismo da Idade Média. O período do Carnaval era marcado pelo "adeus à carne" ou "carne vale" dando origem ao termo "Carnaval".

Durante o período do Carnaval havia uma grande concentração de festejos populares. Cada cidade brincava a seu modo, de acordo com seus costumes.

O Carnaval moderno, feito de desfiles e fantasias, é produto da sociedade vitoriana do século XIX.

A cidade de Paris foi o principal modelo exportador da festa carnavalesca para o mundo. Cidades como Nice, Nova Orleans, Toronto e Rio de Janeiro se inspirariam no Carnaval parisiense para implantar suas novas festas carnavalescas.

Como surgiu o Carnaval?

A festa carnavalesca surgiu a partir da implantação, no século XI, da Semana Santa pela Igreja Católica, antecedida por quarenta dias de jejum, a Quaresma.

Esse longo período de privações acabaria por incentivar a reunião de diversas festividades nos dias que antecediam a Quarta-feira de Cinzas, o primeiro dia da Quaresma.

A palavra "carnaval" está, desse modo, relacionada com a ideia de "afastamento" dos prazeres da carne marcado pela expressão "carne vale", que, acabou por formar a palavra "carnaval".

Em geral, o Carnaval tem a duração de três dias, os dias que antecedem a Quarta-feira de Cinzas.

Em contraste com a Quaresma, tempo de penitência e privação, estes dias são chamados "gordos", em especial a terça-feira (Terça-feira gorda, também conhecida pelo nome francês Mardi Gras), último dia antes da Quaresma. Nos Estados Unidos, o termo mardi gras é sinónimo de Carnaval.

No período do Renascimento as festas que aconteciam nos dias de carnaval incorporaram os bailes de máscaras, com suas ricas fantasias e os carros alegóricos.

Ao carácter de festa popular e desorganizada juntaram-se outros tipos de comemoração e progressivamente a festa foi tomando o formato actual.

De acordo com o modo contemporâneo o carnaval ainda é considerado uma forma de festa bastante tradicional, pois persistiu por vários anos com o mesmo aspecto.

 

No Brasil, o primeiro carnaval surgiu em 1641, promovido pelo governador Salvador Correia de Sá e Benevides em homenagem ao rei Dom João IV, restaurador do trono de Portugal. Hoje é uma das manifestações mais populares do país e festejado em todo o território nacional.

O Brasil é considerado o país com um Carnaval mais desenvolvido e bonito do mundo.

   

     carnaval na Ítalia                         carnaval no Portugal                      carnaval no Brazil 

 O carnaval em Cabo Verde

O Carnaval constitui também uma manifestação cultural implantada em Cabo Verde, com especial incidência nas ilhas de São Vicente, São Nicolau e Sal.

Pelo público que arrasta, tanto nacional como estrangeiro, alguns municípios, como é o caso de São Vicente já o consideram como um dos pólos de atracção turística.

 

Falando de São Vicente, que é o que presenciamos, todos saíram pelas ruas do Mindelo a desfilar desde os jardins até os grupos oficiais.

Para todos, o dia mais esperado, foi, concerteza, a segunda a noite onde o “SambaTropical” desfilou e encantou com a sua coreografia e beleza.

Nós, os ATA, e não só, até a letra já fixamos:

“ …ô baby bem, bem, bem, bem, bem,

      ô baby xkuá, xkuá, xkuá,xkuá, xkuá,

      rabolá, rabolá, rabolá, rabolá rabolá kadêra,

      bem sambá, bem sambá, bem sambá, bem sambá ma mim…”

…heheheheh, e será inesquecível…

No dia 16, saiu quatro grupos oficiais: Flores do Mindelo, que ganhou o primeiro lugar), Sonhos sem Limite, Monte Sossego e Jovens de Monte Sossego…e o dia foi em grande!

   

 Carnaval de S.Nicolau             Carnaval do sal                 Carnaval de S.Vicente

E mais…

As universidades juntaram-se e desfilaram no dia 13 de Fevereiro por volta das 15 horas.

A Universidade Lusófona de Cabo Verde, com um trio maravilhoso, saiu por volta das 20 horas, do mesmo dia, mostrando para a população que tem de tudo: tocadores, cantores, compositores, e claro… BONS DANÇARINOS…

Com o tema PAZ, todos de branco… esperamos que a mensagem ficou bem passada.

Fotos estraidas do blog “www.comunicare2009.blogspot.com”

 

Educação, Amor, paz, nunca ê dmás

Letra e música: Neu Lopes

S´bo catem ciênça, paciênça, dá licença

pa passá d’one c’meste ser buldónhe

concentrá, raciociná

bô sabê bo tem q’esforçá

s’bo entra li bo tem k lutá te fim

 

prendê, prendê, nos lema ê paz,

prendê, prendê, bo ê capaz,

prendê, prendê, isdá Cab Verd cordá

 

Violência nêss lugar catem presença,

ser hôme ô amdjer digno dess sociedade,

fazê soncent sab sem kassi,

gang ca podê bem intra li,

Educação, amor, paz, nunca ê d’más

 

prendê, prendê, nos lema ê paz,

prendê, prendê, bo ê capaz,

prendê, prendê, isdá Cab Verd cordá

 

Cordá Soncent corda

Sempre bo foi pulmão d’ Cab Verde

Nô pssa êss Carnaval sebim

Lusófona ta krê pob na kemim

 

fontes:

http://www.miniweb.com.br

 http://portoncv.gov.cv

http://pt.wikipedia.org

 

 

 

 

 

publicado por ATA às 18:48

video estraido do blog www.comunicare2009.blogspot.com

publicado por ATA às 18:48
Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
arquivos
2010
2009
Posts mais comentados
2 comentários
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
links
últ. comentários
Participa nos desafios SAPO e ganhe prémios! Mais ...
Acho que partilhar a vossa experiência como univer...
blogs SAPO